Notícias

24/06/2017
Terminal de Maricá dará fôlego ao Rio de Janeiro.
Maricá será sede do mais moderno terminal de transbordo de óleo e gás do país.
 

Em meio a gravíssima crise que o Estado do Rio de Janeiro, surge uma esperança na área de petróleo e gás. A cidade de Maricá será  sede de um importante projeto na área de portos., O Terminal de Ponta Negra.  A revelação é do jornalista George Vidor, de O Globo. O investimento passa de bilhões de dólares e aguarda apenas a liberação de licenças para o início da construção de um novo terminal portuário de transbordo de petróleo. De embarcações médias para grandes navios.  Atualmente este trabalho é feito na Baía de Ilha Grande, no TEBIG,  e provoca intensas reclamações de ambientalistas.

A escolha deste local é pela profundidade da região, que pode chegar a 30 metros. Mas o mar bravio exigirá a construção de um quebra mar para que todo trabalho de transbordo do petróleo seja feito  em águas abrigadas.  As pedras que construirão esse quebra mar, serão retiradas de um morro próximo, onde serão construídas cavernas para depósito de combustíveis. Uma dessas  cavernas poderá ser usada pela  Marinha, por se tratar de local fechado e protegido de possíveis ataques aéreos. São cavernas semelhantes as que os suecos fizeram para abrigar seus aviões de caça.

A licença prévia já foi concedida pelos diferentes órgãos do Rio de Janeiro. A área, sem interesse de preservação histórica e sem interesse arqueológico, já foi liberada pelo IPHAN. O grupo de investidores projeta a criação de três mil empregos e dois anos  para a conclusão do terminal.  A empresa  de engenharia DTA, que projetou grande parte dos novos terminais portuários do país, é dona da propriedade de Jaconé e espera construir um terminal para contêineres em um ano. A operação do terminal ficará a cargo de uma grande empresa especializada no setor.  A praia de Jaconé, onde o terminal ficará instalado,  passará também o gasoduto Rota 3, levando gás do pré-sal direto para a  UPGN do Comperj que voltará a ser reconstruída no segundo semestre deste ano.  É uma boa notícia para a região. Uma boa notícia para o Estado do Rio de Janeiro.

 
 
Fonte: O Petróleo
Outras Notícias
31
07
Após dois anos de recessão, mercado do petróleo cria para Macaé a expectativa de retomada de negócios de geração de empregos e de progresso.
[+] saiba mais
17
07
China pretende investir R$ 32 bilhões no Rio de Janeiro.
[+] saiba mais
26
09
A CHINESA SHANDONG KERUI SURPREENDE E APRESENTA O MELHOR PREÇO PARA A CONCLUSÃO DA UPGN DO COMPERJ.
[+] saiba mais
27
09
COMPERJ - Obra retorna em 2018 !
[+] saiba mais
19
06
Sucessor do PAC investirá 2 bilhões até 2018
[+] saiba mais
29
11
Dragagem do canal de São Lourenço entra em fase de estudos.
[+] saiba mais
04
04
Projeções após o leilão de áreas de petróleo.
[+] saiba mais
24
06
Expansão de parque industrial em Macaé - RJ.
[+] saiba mais
28
08
Centro de Niterói irá receber ‘repaginada’.
[+] saiba mais
25
09
Vai jorrar petróleo: A visão de um CEO norueguês sobre o Brasil.
[+] saiba mais
 
Voltar