Notícias

18/12/2017
Obras em Itaboraí vão gerar empregos diretos a partir do segundo semestre do próximo ano
COMPERJ anuncia retomada de obras e já tem data confirmada para contratar 5 mil trabalhadores !!
 

A retomada das obras no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) em Itaboraí vai gerar 5 mil vagas de empregos diretos a partir do segundo semestre de 2018. O anúncio, feito após estudos, foi dado nesta quinta-feira (14) pela Petrobras durante reunião em Maricá que contou com prefeitos dos 15 municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento da Região Leste Fluminense (Conleste). 

A programação faz parte da Petrobras Rota 3, projeto de três anos que embarca as construções de um conjunto de dutos, gasodutos e a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) do projeto Comperj. O Rota 3 será responsável pelo escoamento da produção da Bacia de Santos.

Com isso, todos os 15 municípios do consórcio terão arrecadação, nos próximos três anos, de pelo menos R$ 200 milhões de Imposto sobre Serviço (ISS) da Petrobras.

O prefeito Rodrigo Neves, presidente do Conleste, reforçou o pedido de que haja contratação de mão de obra local. Para ele, a arrecadação do ISS deverá gerar investimento nos próprios municípios e na qualificação dos trabalhadores.

“Esse foi um dos anúncios mais importantes dessa reunião. Por isso, é dever de cada município saber gerenciar esse dinheiro, saber investir esses recursos na qualificação e preparação técnica desses trabalhadores, para que evitemos buscar profissionais apenas de outros estados”, disse Rodrigo.

Para Dr. Sadinoel, prefeito de Itaboraí, o anúncio das vagas de emprego veio em boa hora. “Só Itaboraí perdeu 13 mil vagas. Qualquer anúncio de geração de empregos é bom para a região. Vamos continuar insistindo com a Petrobras para priorizar os moradores do Conleste. É bom lembrar que mais vagas serão geradas”, defendeu o prefeito, que irá a Brasília em janeiro para buscar recursos para investir no Instituto Federal Fluminense de Educação Ciência e Tecnologia (IFF) do município. 

Participaram da reunião as cidades de Araruama, Cachoeira de Macacu, Casemiro de Abreu, Guapimirim, Itaboraí, Magé, Maricá, Niterói, Nova Frigurgo, Rio Bonito, São Gonçalo, Saquarema, Silva Jardim, Tanguá e Teresópolis.

 
 
 
Fonte: O Fluminense
Outras Notícias
31
07
Após dois anos de recessão, mercado do petróleo cria para Macaé a expectativa de retomada de negócios de geração de empregos e de progresso.
[+] saiba mais
17
07
China pretende investir R$ 32 bilhões no Rio de Janeiro.
[+] saiba mais
26
09
A CHINESA SHANDONG KERUI SURPREENDE E APRESENTA O MELHOR PREÇO PARA A CONCLUSÃO DA UPGN DO COMPERJ.
[+] saiba mais
27
09
COMPERJ - Obra retorna em 2018 !
[+] saiba mais
24
06
Maricá será sede do mais moderno terminal de transbordo de óleo e gás do país.
[+] saiba mais
19
06
Sucessor do PAC investirá 2 bilhões até 2018
[+] saiba mais
29
11
Dragagem do canal de São Lourenço entra em fase de estudos.
[+] saiba mais
24
06
Expansão de parque industrial em Macaé - RJ.
[+] saiba mais
28
08
Centro de Niterói irá receber ‘repaginada’.
[+] saiba mais
25
09
Vai jorrar petróleo: A visão de um CEO norueguês sobre o Brasil.
[+] saiba mais
 
Voltar